sexta-feira, 15 de julho de 2011

Os diversos tipos de bloqueio

imagens da internet
      
        Esse fundamento, como todos os que fazem parte do jogo de vôlei, tem as suas variações técnicas. Ele é a primeira linha do sistema defensivo de uma equipe, dessa forma tem como objetivos:
- bloquear o ataque.
- amortecer o ataque.
- servir de referência para a defesa.
        Quando falamos em bloquear o ataque, temos um tipo específico de bloqueio que é chamado de ofensivo.  Nesse caso as mãos e os braços do jogador devem estar posicionados com uma boa invasão da quadra adversária, com as palmas das mãos na mesma linha do antebraço. O bloqueio sempre que for possível deve ser ofensivo, pois o objetivo principal do bloqueio é pontuar. A entrada dos braços deve ser próxima da fita superior da rede buscando ocupar o espaço da quadra adversária e mantendo os braços lá pelo maior tempo possível. 
        No bloqueio mais defensivo, que busca amortecer o ataque as mãos já não ficam na mesma linha do antebraço, elas apontam mais para cima já que o ataque vem de uma altura maior. No alto nível esse tipo de bloqueio também é conhecido como bloqueio de ajuda, nesse caso o bloqueador provavelmente saltará atrasado com relação ao atacante.
        O posicionamento do bloqueio, seja ele simples, duplo ou triplo, serve de referência para a defesa. Para isso é muito importante não se movimentar muito na fase aérea.  Outro erro que não pode ser executado nessa fase é movimentar os braços, pois a defesa não conta com esse movimento e não teremos defensor nessa área que fica onde o braço deveria estar.
        No início dos treinos de bloqueio o atleta deve buscar equilíbrio no deslocamento específico e no salto e uma boa velocidade de reação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário