segunda-feira, 16 de maio de 2011

O novo modelo de pontuação da Superliga na prática.

        Resolvi mostrar para todos como funciona, na prática, esse novo modelo de pontos que vai ser implantado na próxima SUPERLIGA. Como já expliquei num post anterior o novo modelo, nesse texto vocês podem ter uma idéia bem direta de como o novo modelo vai funcionar.
        Na prática, poucas coisas irão mudar na classificação geral. Nesse paralelo entre os dois modelos somente duas mudanças aconteceram. O SADA que terminou a fase regular em terceiro passaria a CIMED, ficando com a segunda colocação. A outra mudança seria entre SOGIPA e VOLTA REDONDA, na disputa pelo décimo primeiro lugar. 

        O principal fato, na minha opinião, é que com esse modelo um time não ganha pontos por perder. Isso dava a SUPERLIGA uma imagem irreal. Um time com 0% de vitórias tinha 50% dos pontos de um time com 100% de vitórias. Muito injusto com o time que vence todos os seus jogos. A nossa realidade era essa. Esse tipo de tabela, que pontua o time que perde, passa uma imagem "enganadora" de alguns times. É mais radical, e real, a diferença entre a ponta e o fim da classificação.
        Cada um pensa de um jeito e faz os seus comentários. Mas na prática teremos poucas mudanças no "grid" de classificação para a largada nos playoffs. 
        Uma aviso, os times que vão estar na ponta de baixo da tabela vão continuar com o mesmo desempenho fraco de sempre, mas agora eles vão ficar muito para trás na tabela. Me parece mais complicado de explicar principalmente para patrocinadores, imprensa e torcedores em geral.

Um comentário:

  1. Sucesso a Cimed/SKY meu eterno time!!! Rumo a mais um titulo!

    ResponderExcluir